segunda-feira, 29 de novembro de 2010

O Rio de Janeiro continua seeeeendo...


"Alô moça da favela... Aquele Abraço! Todo mundo da Portela... Aquele Abraço! Todo mês de fevereiro... Aquele passo! Alô Banda de Ipanema... Aquele Abraço!"

"Tira a camisa, esse clima tá de abafar. Liberem suas delícias, parado não dá pra ficar! Movimentos circulares, zona sul de bar em bar..."


"Cidade que é cartão postal do Brasil... Cidade que é capital cultural... Cidade de todos, cidade sem igual!"

"Não há um lugar com o céu mais azul. Tem gente bonita de norte a sul. A natureza abençoou esse lugar, e o bloco na rua agita, balança e incendeia!"

"Eu sou o rei da boemia! Carioca, sou da Lapa, patrimônio cultural, e me banhei de alegria, tiro onda, dou meu jeito... Minha vida é um carnaval!"

"Cristo Redentor... Braços abertos sobre a Guanabara! Este samba é só porque Rio, eu gosto de você. A morena vai sambar, seu corpo todo balançar... Rio de sol, de céu, de mar!"

"Para sentir a grandeza, a beleza do meu país, basta ma só condiçao: é ser brasileiro e ter coraçao
Rio de Janeiro..."

"E salve a Banda de Ipanema! E o Cordão do Bola Preta... É carnaval!"

"És a cidade modelo, o coração do brasil, o rio da nova era... Prima por sua desenvoltura, é tão soberbo o seu progresso... É um primor a sua arquitetura..."

"Rio de Janeiro, cidade gostosa e viril, Cidade do samba, da cerveja, e de um povo nota mil. Gostamos tanto de você, que queremos curá-la por estar febril, passar energia a você, para voltar a encantar o Brasil, deste povo alegre e charmoso, de um requebrado leve e gostoso, do futebol elegante, ágil e formoso..."

"Rio de Janeiro o poeta num veleiro veio te contar, que o carioca vê a mata atlântica inteira na palma de um coqueiro, solar! Esse é o povo que dança nas ruas, e o turista que desce na pista do lugar quer se tornar!"

"Nossos peitos serão baluarte, Em defesa da Pátria gigante; Seja o lema do nosso estandarte...
Paz e amor! Fluminenses, avante!"

 
Aquele Abraço - Gilberto Gil - Solteiro no RJ - Cidade Negra - RJ a Dezembro - Catedral - RJ - D'Black - RJ continua sendo - Quinho - Samba do Avião - Tom Jobim - RJ - Ary Barroso - Sou Carioca, sou do RJ - Gabriel O Pensador e Martinho da Vila - RJ de ontem e de hoje - Mangueira 1954 - RJ - Beth Carvalho - Rio de Janeiro - Elza Soares - Hino do RJ 

1 comentários:

Mônica Morena on 2 de dezembro de 2010 20:31 disse...

Muito bom!
O Rio cantado em verso e prosa pelos melhores de nosso Brasil.
Mandou bem, miguinha!

Postar um comentário

O Rio de Janeiro continua seeeeendo...

"Alô moça da favela... Aquele Abraço! Todo mundo da Portela... Aquele Abraço! Todo mês de fevereiro... Aquele passo! Alô Banda de Ipanema... Aquele Abraço!"

"Tira a camisa, esse clima tá de abafar. Liberem suas delícias, parado não dá pra ficar! Movimentos circulares, zona sul de bar em bar..."


"Cidade que é cartão postal do Brasil... Cidade que é capital cultural... Cidade de todos, cidade sem igual!"

"Não há um lugar com o céu mais azul. Tem gente bonita de norte a sul. A natureza abençoou esse lugar, e o bloco na rua agita, balança e incendeia!"

"Eu sou o rei da boemia! Carioca, sou da Lapa, patrimônio cultural, e me banhei de alegria, tiro onda, dou meu jeito... Minha vida é um carnaval!"

"Cristo Redentor... Braços abertos sobre a Guanabara! Este samba é só porque Rio, eu gosto de você. A morena vai sambar, seu corpo todo balançar... Rio de sol, de céu, de mar!"

"Para sentir a grandeza, a beleza do meu país, basta ma só condiçao: é ser brasileiro e ter coraçao
Rio de Janeiro..."

"E salve a Banda de Ipanema! E o Cordão do Bola Preta... É carnaval!"

"És a cidade modelo, o coração do brasil, o rio da nova era... Prima por sua desenvoltura, é tão soberbo o seu progresso... É um primor a sua arquitetura..."

"Rio de Janeiro, cidade gostosa e viril, Cidade do samba, da cerveja, e de um povo nota mil. Gostamos tanto de você, que queremos curá-la por estar febril, passar energia a você, para voltar a encantar o Brasil, deste povo alegre e charmoso, de um requebrado leve e gostoso, do futebol elegante, ágil e formoso..."

"Rio de Janeiro o poeta num veleiro veio te contar, que o carioca vê a mata atlântica inteira na palma de um coqueiro, solar! Esse é o povo que dança nas ruas, e o turista que desce na pista do lugar quer se tornar!"

"Nossos peitos serão baluarte, Em defesa da Pátria gigante; Seja o lema do nosso estandarte...
Paz e amor! Fluminenses, avante!"

 
Aquele Abraço - Gilberto Gil - Solteiro no RJ - Cidade Negra - RJ a Dezembro - Catedral - RJ - D'Black - RJ continua sendo - Quinho - Samba do Avião - Tom Jobim - RJ - Ary Barroso - Sou Carioca, sou do RJ - Gabriel O Pensador e Martinho da Vila - RJ de ontem e de hoje - Mangueira 1954 - RJ - Beth Carvalho - Rio de Janeiro - Elza Soares - Hino do RJ 

1 comentários:



Mônica Morena disse...

Muito bom!
O Rio cantado em verso e prosa pelos melhores de nosso Brasil.
Mandou bem, miguinha!

Postar um comentário

 

Copyright © 2008 Designed by SimplyWP | Made free by Scrapbooking Software | Bloggerized by Ipiet Notez | Distributed by Deluxe Templates