sábado, 25 de dezembro de 2010

Eu adoro Natal...


É tão legal o Natal, não é mesmo?!
Família toda reunida, muita comida, muita bebida, muitos presentes...
Ganhei tanta coisa, isso é tão legal! rs... Adoro presentes! rs...
Eu me vejo bem velhinha, sentada na cadeira de balanço com o meu "véinho", meus filhos, muitos netos, com tudo o que eu tiver direito! Bem semelhante ao Natal aqui em casa...
Só não quero ter que fazer rabanadas, dão mto trabalho e faz mta sujeira! rs
Sem dúvidas, 2010 foi um ano mto feliz pra mim. Eu não teria palavras para descrever tamanha felicidade. Papai do Céu tem sido um cara mto generoso pra mim...
Queria poder agradecer a ele pelo sucesso na faculdade, sucesso da minha família, pelos amigos queridos(Obrigada pelas dezenas de sms, tweetes, scraps, msgs, e tdo mais!!!), mas, principalmente, pelo sucesso da minha vida pessoal... Sim, estou feliz comigo mesma, e o coração anda batendo mais forte.
Sem contar que a Diva aqui, é campeã da família no PS3, jogando FIFA, no Totó, e no tapete de penaltis! rs... Eu dava pra ter nascido menino fácil! rs
Agora eu vou dormir... Já comi (moderadamente arrasando), já bebi (só no suquinho de Morango... rs), já chorei baldes de felicidade, agora vou pro berço.
Feliz Natal pra todos vcs!
=)

sábado, 18 de dezembro de 2010

Tô viajando...


Pois é... Os planos mudaram, e eu fui viajar! rss...
Apareço de lá!
=)

Existe um mundo que só quer ME ver sorrir!!!


Natiruts Reggae Power
Natiruts
 
Quando a noite cair e o som
Te trazer algum sonho bom
E fazer tudo transcender
Tristeza vai sumir
E ninguém vai sofrer...
Sintonize sua vibração
Não há tempo pra viver em vão
E não pense mais em desistir
Existe um mundo que só quer te ver sorrir
Não chora!
A nossa vida é feita mesmo
Para se aprender
E agora!
É hora de tentar se libertar
Não vai doer...
Deixe a energia do som te levar
A vibe positiva solta pelo ar
Quem sente com a alma
É capaz de amar
Tá sempre livre pra cantar...
Ô, ô, ô, Ô,
Natiruts Reggae Power chegou!
Ô, ô, ô, Ô,
Transformando
Toda noite em amor!

http://letras.ms/3TD6

Verdades...


Sabe aquela verdade que ninguém está preparado pra ouvir?! Aquela que não pode ser diagnosticada por exames de sangue, detectada em raios-x, mas que você sabe da existência e luta pra tentar mascarar de alguma forma?!?!
Pois é... Me disseram ontem! Malditos arianos, que se acham donos da verdade! (Minha cópia! rs)
No fundo, no fundo, eu já sabia que aquele era um dos principais motivos, e também, que é um fato que deve ser considerado, e um furo meu, só meu!!!
As pessoas acham que eu sou idiota... Mas eu prefiro assim, principalmente, quando é conveniente. E quando dizem que eu falo tudo milimetricamente calculado, talvez você tenha razão! rssss... 
Vovó me ensinou que, em muitos momentos da vida, é preciso ficar quietinho, pra morrer velhinho!!!
Fatíssimo, é que não foi dos maiores prazeres do mundo ouvir o que eu ouvi... Ou melhor, eu acabei lendo... O que eu agradeço, pois seria muito mais dolorido ficar sabendo daquilo pessoalmente.
Confesso que bateu um desanimo, lágrimas rolaram, ideias foram jogadas no lixo, o chão tremeu...
Aliás, foi nesse momento que a mamãe e o irmão foram tãããããoooo importantes pra mim. Eu sabia que poderia contar com eles!!!
Pensa que meu mundo caiu? Que eu virei a Maysa? Sabe o momento certo?! ... Dia, hora, local... Foi assim! Perfeito! Era aquilo que eu precisa ouvir, e naquele instante!
Era a hora de um novo e grande passo... Eu só precisava desse empurrão!
Mesmo que ele possa representar tantas outras mudanças daqui para frente...
Thank you for everything!!!



"Tudo leva crer que é questão de tempo
É questão de tempo para o tempo fechar
Mas é questão de tempo para água furar pedra
É questão de tempo pra você se acostumar
Que antes do fim do mundo, mundo vai acabar 
É só tocar... É só tocar no ponto G da bomba H... É só tocar..."
http://www.vagalume.com.br/ceumar/joelmir-beting.html#ixzz18R7e59GN

Aquisições de hoje...



Então, Rosa Antigo, Záz e Arranha-céu, são os meus mais novos filhotinhos.
Meu irmão divo foi me buscar na minha avó hoje, e tivemos a brilhante ideia de passear em Madureira... eu fui ao inferno e voltei! rsss...
Ai que calor! Ai que loucura! Ai que absurdo!
Na maior vibe de Narcisa Tamborindeguy... Só com um pouquinho menos de dinheiro! hahahahahha
Todo mundo suando, pingando, muito calor, muita gente junto, muita promoção...
Mas, certamente, por mais escroto que eu possa parecer, foi muito proveitoso e evolutivo! rss...
Eu entrei na loja master de bijux e não gostei de nada... Entenderam?!?! NADA!!! Nada de anel mega, nada de cordões coloridos, e brincos de pedrinhas... Tah! ... Eu assumo! ... Um sandália, 3 esmaltes, e umas outras coisinhas de unha, mas foi na loja de frente e na farmácia!!! rss...
O João comprou uma bermuda linda, hiper-mega-ultra-estilosa que eu achei no camelô... SIM! O João gostou de uma bermuda LISTRADA, de R$16, diretamente do CAMELÔ de Madureira!!!
E nada de críticas! Eu nem sou tãoooo consumista assim...  É só uma tara por bijuterias. Imaginem se fosse por jóias?! rsss... Só com marido MUITO rico! rss...
E o meu irmão tem dificuldades pra comprar roupas... Ele sempre escolhe, escolhe, e escolhe... Um saco! Pior que mulher escolhendo vestido de casamento. Pqp!!! E nessa vibe de escolher, escolher... Ele acaba comprando de lojas mais conhecidas, e por conseguinte, mais caras!
Sem contar o fato de detestar bermudas estampadas... rsss... Eu peguei logo a listrada!!! rsss...
E a quem possa interessar, o rosa é pro Natal, o lilás pro Reveillon, e o grafite, pra qualquer evento que possa aparecer nesse intervalo! rs...
Tah, eu sou escrota... Mas e daí, eu nunca escondi isso de ninguém mesmo! rs


 


quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

APONEURÓTICA


Sou eu!!! rsss...
Engraçado como muitos me chamam de Aponeurótica, mas não fazem ideia do que significa... rs
Aponeurótica é um "apelido" utilizado por mim, nos meus blogs e perfis na internet, e além disso, é utilizado pela turma de Enfermagem na qual eu também fui representante, lá em Valença (Morro de orgulho!). rsss...
Eu descobri a palavra enquanto eu lia um livro de tecido muscular, e um momento de mega-ulta-power-auto-estima! rsss...
Aponeurose é uma fáscia muscular, que serve de apoio na ligação entre os músculos e ossos, é fina, resistente e muito brilhante. Característica pertinentes a minha personalidade, não acham?! rsss... Eu  costumo apoiar, sou amarela, fina (pelo menos na educação! rss...), resistente e brilhante!!! rsss... Ahhh... esqueci de citar a humildade, que eu esbanjo por aí! rss...
Neurótica... Muito neurótica!
Neurótica com o corpo, com as pessoas, com as ideias, com as provas, com as notas... que, embora cause tensão, não interfere no meu pensamento racional ou na minha capacidade funcional de ser gente! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
Hajam neuroses!!! rsss... Mas fiquem tranquilos, esta longe de ser psicose!!! rsss...
Então, aponeurose + neurótica = Aponeurótica!
Sou eu!!! rsss...

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Pelo avesso... rs


video

Avesso - Ceumar

Pode parecer promessa
mas eu sinto que você é a pessoa
Mais parecida comigo que eu conheço
Só que do lado do avesso
Pode ser que seja engano, bobagem ou ilusão
De ter você na minha
Mas acho que com você eu me esqueço
E em seguida eu aconteço
Por isso eu deixo aqui meu endereço
Se você me procurar eu apareço
Se você me encontrar
Te reconheço...

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Sexo NERD


Redação feita por uma aluna do curso de Letras, da UFPE - Universidade Federal de Pernambuco - Recife, que venceu um concurso interno promovido pelo professor titular da cadeira de Gramática Portuguesa. Muito boa!

Transa Gramatical
 

Era a terceira vez que aquele substantivo e aquele artigo se encontravam no elevador.
Um substantivo masculino, com um aspecto plural, com alguns anos bem vividos pelas preposições da vida. E o artigo era bem definido, feminino, singular: era ainda novinha, mas com um maravilhoso predicado nominal. Era ingênua, silábica, um pouco átona, até ao contrário dele: um sujeito oculto, com todos os vícios de linguagem, fanáticos por leituras e filmes ortográficos.

O substantivo gostou dessa situação: os dois sozinhos, num lugar sem ninguém ver e ouvir. E sem perder essa oportunidade, começou a se insinuar, a perguntar, a conversar. O artigo feminino deixou as reticências de lado, e permitiu esse pequeno índice..

De repente, o elevador pára, só com os dois lá dentro: ótimo, pensou o substantivo, mais um bom motivo para provocar alguns sinônimos.

Pouco tempo depois, já estavam bem entre parênteses, quando o elevador recomeça a se movimentar: só que em vez de descer, sobe e pára justamente no andar do substantivo.

Ele usou de toda a sua flexão verbal, e entrou com ela em seu aposto. Ligou o fonema, e ficaram alguns instantes em silêncio, ouvindo uma fonética clássica, bem suave e gostosa. Prepararam uma sintaxe dupla para ele e um hiato com gelo para ela. Ficaram conversando, sentados num  vocativo, quando ele começou outra vez a se insinuar.

Ela foi deixando, ele foi usando seu forte adjunto adverbial, e rapidamente chegaram a um imperativo, todos os vocábulos diziam que iriam terminar num transitivo direto.

Começaram a se aproximar, ela tremendo de vocabulário, e ele sentindo seu ditongo crescente: se abraçaram, numa pontuação tão minúscula, que nem um período simples passaria entre os dois.

Estavam nessa ênclise quando ela confessou que ainda era vírgula; ele não perdeu o ritmo e sugeriu uma ou outra soletrada em seu apóstrofo. É claro que ela se deixou
levar por essas palavras, estava totalmente oxítona às vontades dele, e foram para o comum de dois gêneros.

Ela totalmente voz passiva, ele voz ativa. Entre beijos, carícias, parônimos e substantivos, ele foi avançando cada vez mais: ficaram uns minutos nessa próclise, e ele, com todo o seu predicativo do objeto, ia tomando conta.

Estavam na posição de primeira e segunda pessoa do singular, ela era um perfeito agente da passiva, ele todo paroxítono, sentindo o pronome do seu grande travessão forçando aquele hífen ainda singular.

Nisso a porta abriu repentinamente. Era o verbo auxiliar do edifício. Ele tinha percebido tudo, e entrou dando conjunções e adjetivos nos dois, que se encolheram gramaticalmente, cheios de preposições, locuções e exclamativas.

Mas ao ver aquele corpo jovem, numa acentuação tônica, ou melhor, subtônica, o verbo auxiliar diminuiu seus advérbios e declarou o seu particípio na história.

Os dois se olharam, e viram que isso era melhor do que uma metáfora por todo o edifício.

O verbo auxiliar se entusiasmou e mostrou o seu adjunto adnominal. Que loucura, minha gente. Aquilo não era nem comparativo: era um superlativo absoluto.

Foi se aproximando dos dois, com aquela coisa maiúscula, com aquele predicativo do sujeito apontado para seus objetos. Foi chegando cada vez mais perto, comparando o ditongo do substantivo ao seu tritongo, propondo claramente uma mesóclise-a-trois.

Só que as condições eram estas: enquanto abusava de um ditongo nasal, penetraria ao gerúndio do substantivo, e culminaria com um complemento verbal no artigo feminino.

O substantivo, vendo que poderia se transformar num artigo indefinido depois dessa, pensando em seu infinitivo, resolveu colocar um ponto final na história: agarrou o verbo auxiliar pelo seu conectivo, jogou-o pela janela e voltou ao seu trema, cada vez mais fiel à língua portuguesa, com o artigo feminino colocado em conjunção coordenativa conclusiva.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Férias!!! \o/



É isso aí... quem estuda, ganha de brinde 2 meses de férias! rs...
Já comecei ontem... Hje já rolou café da manhã da minha turma, amigo oculto (Muitíssimo obrigada Amanda, pelas palavras, pelo carinho e pela sandália linda!!!).
Logo mais tem voltinha com o Fifi... Amanhã tem a Cervejada da Enfermagem, diretamente do Via Parque (Sômo Xiki!). Sábado tem Valença.... Domingo tem Barra do Piraí... Segunda tem Rio, novamente... Dia 15 tem alguma coisa pra fazer, mas não estou me lembrando agora... rs
Essa é só a primeira semana!


terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Mulher Inteligente 10 x 0 Carol


Eu fui comentar com um amigo, a minha primeira média final da faculdade, e ele me disse algo complexo de se entender:
"Mulheres inteligentes dão muito trabalho, questionam tudo!"
Tentei entender que tipo de trabalho dariam, as mulheres que questionam, e as que deixam de questionar. Entre esses devaneios "muito produtivos"... rs ... Resolvi perguntar ao Drº Google, qual era a opinião dele sobre mulheres inteligentes, e achei o seguinte:

Uma mulher inteligente sabe que ser inteligente significa:

• Manter-se racional.
 Hahahahah... Eu sou racional até que alguém me conte uma história triste, ou comece a chorar. Minha razão vai para pqp!
Mulher Inteligente 10 x 0 Carol

• Deixar sua inteligência controlar suas emoções, e não o inverso.
Depende do dia... O meu sistema é inteligente, vai de acordo com a ovulação! hahahahaha
Mulher Inteligente 10 x 0 Carol

• Confiar mais em seus valores do que em seus hormônios.
Só não me jogue na parede, e me chame de Lagartixa! hahahahahah
Fora isso, sou mto mais valores do que hormônios!
Mulher Inteligente 10 x 0 Carol

• Escolher relacionamentos que a façam feliz e permitam que ela cresça.
Eu não entendo, mas eu sempre escolho o idiota que me faz infeliz!
Mulher Inteligente 10 x 0 Carol

• Procurar e acolher pessoas otimistas e encorajadoras.
Finalmente eu concordo com a Mulher Inteligente. Definitivamente, pessoas pessimistas e covardes, não tem vez na minha vida!
Mulher Inteligente 10 x 10 Carol

• Manter distância de relacionamentos que significam p-r-o-b-l-e-m-a.
HAHAHAHA... já se foi mais de um ano, e eu continuo batendo na mesma tecla!
Mulher Inteligente 10 x 0 Carol

Concluo que, eu estou loooooonge de ser uma mulher inteligente!
Eu sou a mulher maravilha! uhauahuhauhauhauhauah

#FicaDica


Muitas vezes, as correntes que nos impedem de sermos livres e felizes são mais mentais do que físicas. Pense, pois muitas vezes amarram vc em nada, e vc acredita!!!
#FicaDica

sábado, 4 de dezembro de 2010

Vale mto a pena!!!


Escrito por Regina Brett, 90 anos de idade, assina uma coluna no The Plain Dealer, Cleveland, Ohio.

"Para celebrar o meu envelhecimento, certo dia eu escrevi as 45 lições que a vida me ensinou"

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiver em dúvida, dê somente o próximo passo, pequeno .
3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.
4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato.
5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.
6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.
7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.
8. É bom ficar bravo com Deus Ele pode suportar isso.
9. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.

10. Quanto a chocolate, é inútil resistir.
11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.
12. É bom deixar suas crianças verem que você chora.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.
14. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos Mas não se preocupe; Deus nunca pisca.
16. Respire fundo. Isso acalma a mente.
17. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.
18. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.
19. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais.
20. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.
21. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chic. Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga com o fluxo.
23. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você..
26. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com estas palavras 'Em cinco anos, isto importará?'
27. Sempre escolha a vida.
28. Perdoe tudo de todo mundo.
29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo..
31. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.
32. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.
33. Acredite em milagres.
34. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que você fez ou não fez.
35. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.
36. Envelhecer ganha da alternativa -- morrer jovem.
37. Suas crianças têm apenas uma infância.
38. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.
39. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.
40. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos nossos mesmos problemas de volta.
41. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.
42. O melhor ainda está por vir.
43. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.
44. Produza!
45. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente.

Tô Mal Educada!!!


Agora vamos ao episódio Transparência...
Não, não sou eu que sou transparente, não...
Sabe aquela verdade que todo mundo sabe, mas ninguém tem coragem de falar?!
Pois é... É disso que eu estou falando!
Estávamos sorteando o amigo oculto de fim de ano, e a minha Profª resolveu fazer a chamada pra ver nome por nome, e identificar quem ela havia tirado.
Com a mistura de turmas na mesma sala, fica complicado gravar o nome de todo mundo... 
(Eu reparo alguma coisa e guardo como característica! #FicaDica)
Enfim...
Chegou em um determinado ponto da lista, e começou o bafafá, que ninguém sabia quem era a menina... um dizia: é aquela gordinha... o outro: é aquela dos olhos azuis...
Vários pitacos!
Perdi a paciência, e disse:
É claro que vcs sabem quem é... (Nesse momento, a turma inteira já olhava pra mim!)
É aquela gordinha que usa calça branca com calcinha de bichinhos azuis e blusa de malha se sutien!!!
PAUSA DRAMÁTICA
E começa a gargalhada geral... As pessoas fizeram um escândalo!
Não é que todo mundo sabia de quem eu estava falando?!?!
Eu morri de vergonha por ter falado aquilo...
E agora? É óbvio que vão contar pra pobre coitada...
Bom, pelo menos agora, ela vai deixar de usar a calça branca transparente, com a calcinha de bichinhos azuis, e vai colocar um sutien... Assim esperamos, eu e toda a população gigante da minha sala!!!

Salve Santa Bárbara, Salve Iansã!!!



"oiá, oiá, oiá me... oiá matamba me cacurucaju zinguê..."

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Não merece ser lido!


"Nóis trupica mas não cai... Pode botar fé, que desse jeito vai!"

video

Lembra quando eu disse que, definitivamente, a frase do dia era "Qdo a esmola é demais, o santo desconfia!"?!?!?! Pois é... Eu estava certa em desconfiar!
Como o ser humano é falho... Deprimente!!!
Eu fui criada por três mulheres. Aprendi, desde pequena, algumas manhas da vida. Sou macaca velha, mermão! uhahauhauhauhauhauhauhuaahauha
Se fode ae!

Bocuda do Mal!


Eu ando na vibe “aprender com os erros é o que há!”...
Pois bem... O fato de hoje é que eu falo mais do que deveria.
Já dizia sabiamente a Vovó Dalva: Deus deu dois ouvidos e uma boca, pra vc ouvir mais e falar menos.
Eu tento me controlar... tento evitar constrangimentos... Mas lá estou eu, pagando os maiores micos da minha vida por ser bocuda!!!
Os dois últimos, para a minha coleção de macacadas foram o episódio Habib’s, e o episódio Transparência.
Vou começar com o episódio Habib’s...
Estávamos eu, Mariana, João, Elton e Anderson no Habib’s (Como sempre!), na área de festas (Como sempre! [2]), sendo atendidos por quase todo o time de atendentes (Como sempre! [3]), e tinha mais um homem na mesa atrás da gente...
Um negão daqueles!!! Alto, forte, bem arrumado... e comendo uma pizza grande sozinho! rsss....
Eis que a Mariana solta:
“Ai gente, eu PRECISO transar!!!”
Quem conhece a Jubs, sabe o qto ela é escandalosa, imagina a repercussão!
Sim, ela está numa seca daquelas, pq o namorado está em um pós operatório de uma colostomia e está usando aquelas bolsas de Bogotá. Ok! Sem mais detalhes...
Enfim... Era a deixa para o tal carinha participar do assunto, já que ele ouviu, ficou interessado, e não satisfeito, começou a rir.
Papo vai, papo vem... (Amigos comunicativos é o que há!)
E descobrimos que ele é segurança do Habib’s e estava lá jantando a “pequena” pizza...
O João, nada discreto, pergunta pra ele, se ele iria comer aquela pizza sozinho?!
(Ser sem noção deve ser genético! rs)
O cara respondeu que sim, e que nos dias em que ele vinha do quartel, ele comia mais ainda. E ainda nos ofereceu um pedaço da pizza... rs
Quartel? Hein? Rolou a curiosidade: qual seria a área dele?!?!
Afinal, ele já sabia da necessidade sexual da minha amiga, pq eu não poderia saber em que ele trabalhava?!?!
Eis que eu... bocuda mega-ultra-power-sem noção, viro para atrás, analiso o cara dos pés a cabeça... (Culpa da faculdade que anda me deixando mais observadora – e indiscreta – com as aulas de anamnese!)...
- Huuummm... Pelo relógio de ouro, só pode ser policial!
PAUSA DRAMÁTICA
O cara sorri, sem graça, concordando...
Eu começo a rir, me contorcendo... tentando disfarçar...
O João muda de assunto...
Eu digo que era brincadeira... (Mesmo com um fundo de verdade...)
Ele sem graça, rindo... diz tudo bem...
Enfim, tô com dor de corno até hoje, por esse comentário infeliz!
Depois eu conto a transparência... 
hauahuahuahuahuhaa

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Macada reunida!



E lá vai mais um king-kong meu, para a coleção de macacadas da aponeurótica.
Eu estava conversando com um amigo, professor de português, sobre a minha dificuldade com pessoas que escrevem em português de forma errada, e resolvi contar a ele um fato que aconteceu comigo:
Uma pessoa veio passar as férias aqui em casa, e um belo dia, eu e o João (Meu irmão) resolvemos dar aquele papo de "irmãos mais velhos", dizendo que é preciso estudar, ter objetivos... trálálá...
E como todo adolescente, essa pessoa virou pra gente e disse que estava muito bem na escola, que nós não precisávamos nos preocupar. (E ela ainda escondeu que tinha ficado de dependência em História!!!)
Ok! A conversa se estendeu até que o João resolveu fazer a seguinte pergunta para a pessoa:
Maria é bonita. Qual é o sujeito da frase?
A pessoa toda sorridente, respondeu:
Maria, né?!?! Dããã!
Eis que o João vira e pergunta: e o predicado?
A pessoa, não mais sorridente, responde:
Ah João, não me vem com essas perguntas difíceis!
Eu preciso dizer que o assunto acabou ali, e rolou uma pausa dramática daquelas?!?!
Enfim...
E eu lá, contando a história para o amigo professor de português, me achando a mega-ultra-power-foda por ter sacaneado a pessoa de férias na minha casa... E ele me propôs um desafio:

"Ouviram do Ipiranga as margens plácidas / De um povo heróico o brado retumbante", passe o período para ORDEM DIRETA e me diga qual o SUJEITO.

Eu fui diminuindo, diminuindo... Comecei a ler... li mais uma vez... e outra...
E comecei... Quem ouviu?! Mas e o povo?! Que porra é essa de passar período para a ordem direta?! Quem foi o fdp da escreveu esse hino?! Pq eu fui tocar nesse assunto?! Será quem é "brado retumbante"? Mas o que é isso mesmo?!?!?!
Eu até pensei em recorrer ao Google, mas naquele momento não havia essa possibilidade.
Ele virou pra mim e disse: 
É fácil! (Me sacaneou!) É praticamente a mesma pergunta que você fez para a pessoa que passou as férias na sua casa.... (Me humilhou!)
Até que eu abaixo a cabeça, menor que uma formiga... e digo: eu não sei.
Afinal, naquela situação constrangedora, era melhor dizer que eu não sabia do que correr o risco de pagar um mico maior ainda!!!
Alguém sabe a resposta? Só pra eu me sentir mais péssima... rs

E lá vem a explicação dele...
A construção em ordem direta e mais objetiva, facilitaria a compreensão. A frase ficaria assim:

"As margens plácidas do Ipiranga ouviram o brado retumbante de um povo heróico."

Ahhhhh... agora sim! É óbvio que o sujeito da frase é "As margens plácidas"! Eu disse pra ele...

Sabe o que ele me respondeu?!?! No maior tom "vou simplificar pra ela entender"...
Cada um no seu quadrado, Carol. Deixe os temperos pra quem cozinha, e a vassoura pra quem faxina!!!

Rolou uma pausa dramática... uma reflexão...
Ok! Eu nunca mais vou subestimar alguém só pq ela escreve "com migo", "disconto", "souteira", ou até mesmo "mereçe"... Ela certamente sabe muitas outras coisas, que eu jamais imaginei saber um dia.
É isso ai... vivendo, aprendendo e se fodendo!
Preciso dizer que ele está no meu hall de amigos prediletos, agora?!?!
Mindinha, Mindinha, Mindinha... rs

Eu adoro Natal...

É tão legal o Natal, não é mesmo?!
Família toda reunida, muita comida, muita bebida, muitos presentes...
Ganhei tanta coisa, isso é tão legal! rs... Adoro presentes! rs...
Eu me vejo bem velhinha, sentada na cadeira de balanço com o meu "véinho", meus filhos, muitos netos, com tudo o que eu tiver direito! Bem semelhante ao Natal aqui em casa...
Só não quero ter que fazer rabanadas, dão mto trabalho e faz mta sujeira! rs
Sem dúvidas, 2010 foi um ano mto feliz pra mim. Eu não teria palavras para descrever tamanha felicidade. Papai do Céu tem sido um cara mto generoso pra mim...
Queria poder agradecer a ele pelo sucesso na faculdade, sucesso da minha família, pelos amigos queridos(Obrigada pelas dezenas de sms, tweetes, scraps, msgs, e tdo mais!!!), mas, principalmente, pelo sucesso da minha vida pessoal... Sim, estou feliz comigo mesma, e o coração anda batendo mais forte.
Sem contar que a Diva aqui, é campeã da família no PS3, jogando FIFA, no Totó, e no tapete de penaltis! rs... Eu dava pra ter nascido menino fácil! rs
Agora eu vou dormir... Já comi (moderadamente arrasando), já bebi (só no suquinho de Morango... rs), já chorei baldes de felicidade, agora vou pro berço.
Feliz Natal pra todos vcs!
=)

Tô viajando...

Pois é... Os planos mudaram, e eu fui viajar! rss...
Apareço de lá!
=)

Existe um mundo que só quer ME ver sorrir!!!

Natiruts Reggae Power
Natiruts
 
Quando a noite cair e o som
Te trazer algum sonho bom
E fazer tudo transcender
Tristeza vai sumir
E ninguém vai sofrer...
Sintonize sua vibração
Não há tempo pra viver em vão
E não pense mais em desistir
Existe um mundo que só quer te ver sorrir
Não chora!
A nossa vida é feita mesmo
Para se aprender
E agora!
É hora de tentar se libertar
Não vai doer...
Deixe a energia do som te levar
A vibe positiva solta pelo ar
Quem sente com a alma
É capaz de amar
Tá sempre livre pra cantar...
Ô, ô, ô, Ô,
Natiruts Reggae Power chegou!
Ô, ô, ô, Ô,
Transformando
Toda noite em amor!

http://letras.ms/3TD6

Verdades...

Sabe aquela verdade que ninguém está preparado pra ouvir?! Aquela que não pode ser diagnosticada por exames de sangue, detectada em raios-x, mas que você sabe da existência e luta pra tentar mascarar de alguma forma?!?!
Pois é... Me disseram ontem! Malditos arianos, que se acham donos da verdade! (Minha cópia! rs)
No fundo, no fundo, eu já sabia que aquele era um dos principais motivos, e também, que é um fato que deve ser considerado, e um furo meu, só meu!!!
As pessoas acham que eu sou idiota... Mas eu prefiro assim, principalmente, quando é conveniente. E quando dizem que eu falo tudo milimetricamente calculado, talvez você tenha razão! rssss... 
Vovó me ensinou que, em muitos momentos da vida, é preciso ficar quietinho, pra morrer velhinho!!!
Fatíssimo, é que não foi dos maiores prazeres do mundo ouvir o que eu ouvi... Ou melhor, eu acabei lendo... O que eu agradeço, pois seria muito mais dolorido ficar sabendo daquilo pessoalmente.
Confesso que bateu um desanimo, lágrimas rolaram, ideias foram jogadas no lixo, o chão tremeu...
Aliás, foi nesse momento que a mamãe e o irmão foram tãããããoooo importantes pra mim. Eu sabia que poderia contar com eles!!!
Pensa que meu mundo caiu? Que eu virei a Maysa? Sabe o momento certo?! ... Dia, hora, local... Foi assim! Perfeito! Era aquilo que eu precisa ouvir, e naquele instante!
Era a hora de um novo e grande passo... Eu só precisava desse empurrão!
Mesmo que ele possa representar tantas outras mudanças daqui para frente...
Thank you for everything!!!



"Tudo leva crer que é questão de tempo

É questão de tempo para o tempo fechar
Mas é questão de tempo para água furar pedra
É questão de tempo pra você se acostumar
Que antes do fim do mundo, mundo vai acabar 
É só tocar... É só tocar no ponto G da bomba H... É só tocar..."
http://www.vagalume.com.br/ceumar/joelmir-beting.html#ixzz18R7e59GN

Aquisições de hoje...


Então, Rosa Antigo, Záz e Arranha-céu, são os meus mais novos filhotinhos.
Meu irmão divo foi me buscar na minha avó hoje, e tivemos a brilhante ideia de passear em Madureira... eu fui ao inferno e voltei! rsss...
Ai que calor! Ai que loucura! Ai que absurdo!
Na maior vibe de Narcisa Tamborindeguy... Só com um pouquinho menos de dinheiro! hahahahahha
Todo mundo suando, pingando, muito calor, muita gente junto, muita promoção...
Mas, certamente, por mais escroto que eu possa parecer, foi muito proveitoso e evolutivo! rss...
Eu entrei na loja master de bijux e não gostei de nada... Entenderam?!?! NADA!!! Nada de anel mega, nada de cordões coloridos, e brincos de pedrinhas... Tah! ... Eu assumo! ... Um sandália, 3 esmaltes, e umas outras coisinhas de unha, mas foi na loja de frente e na farmácia!!! rss...
O João comprou uma bermuda linda, hiper-mega-ultra-estilosa que eu achei no camelô... SIM! O João gostou de uma bermuda LISTRADA, de R$16, diretamente do CAMELÔ de Madureira!!!
E nada de críticas! Eu nem sou tãoooo consumista assim...  É só uma tara por bijuterias. Imaginem se fosse por jóias?! rsss... Só com marido MUITO rico! rss...
E o meu irmão tem dificuldades pra comprar roupas... Ele sempre escolhe, escolhe, e escolhe... Um saco! Pior que mulher escolhendo vestido de casamento. Pqp!!! E nessa vibe de escolher, escolher... Ele acaba comprando de lojas mais conhecidas, e por conseguinte, mais caras!
Sem contar o fato de detestar bermudas estampadas... rsss... Eu peguei logo a listrada!!! rsss...
E a quem possa interessar, o rosa é pro Natal, o lilás pro Reveillon, e o grafite, pra qualquer evento que possa aparecer nesse intervalo! rs...
Tah, eu sou escrota... Mas e daí, eu nunca escondi isso de ninguém mesmo! rs


 


APONEURÓTICA

Sou eu!!! rsss...
Engraçado como muitos me chamam de Aponeurótica, mas não fazem ideia do que significa... rs
Aponeurótica é um "apelido" utilizado por mim, nos meus blogs e perfis na internet, e além disso, é utilizado pela turma de Enfermagem na qual eu também fui representante, lá em Valença (Morro de orgulho!). rsss...
Eu descobri a palavra enquanto eu lia um livro de tecido muscular, e um momento de mega-ulta-power-auto-estima! rsss...
Aponeurose é uma fáscia muscular, que serve de apoio na ligação entre os músculos e ossos, é fina, resistente e muito brilhante. Característica pertinentes a minha personalidade, não acham?! rsss... Eu  costumo apoiar, sou amarela, fina (pelo menos na educação! rss...), resistente e brilhante!!! rsss... Ahhh... esqueci de citar a humildade, que eu esbanjo por aí! rss...
Neurótica... Muito neurótica!
Neurótica com o corpo, com as pessoas, com as ideias, com as provas, com as notas... que, embora cause tensão, não interfere no meu pensamento racional ou na minha capacidade funcional de ser gente! HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
Hajam neuroses!!! rsss... Mas fiquem tranquilos, esta longe de ser psicose!!! rsss...
Então, aponeurose + neurótica = Aponeurótica!
Sou eu!!! rsss...

Pelo avesso... rs

video

Avesso - Ceumar

Pode parecer promessa
mas eu sinto que você é a pessoa
Mais parecida comigo que eu conheço
Só que do lado do avesso
Pode ser que seja engano, bobagem ou ilusão
De ter você na minha
Mas acho que com você eu me esqueço
E em seguida eu aconteço
Por isso eu deixo aqui meu endereço
Se você me procurar eu apareço
Se você me encontrar
Te reconheço...

Sexo NERD

Redação feita por uma aluna do curso de Letras, da UFPE - Universidade Federal de Pernambuco - Recife, que venceu um concurso interno promovido pelo professor titular da cadeira de Gramática Portuguesa. Muito boa!

Transa Gramatical
 

Era a terceira vez que aquele substantivo e aquele artigo se encontravam no elevador.
Um substantivo masculino, com um aspecto plural, com alguns anos bem vividos pelas preposições da vida. E o artigo era bem definido, feminino, singular: era ainda novinha, mas com um maravilhoso predicado nominal. Era ingênua, silábica, um pouco átona, até ao contrário dele: um sujeito oculto, com todos os vícios de linguagem, fanáticos por leituras e filmes ortográficos.

O substantivo gostou dessa situação: os dois sozinhos, num lugar sem ninguém ver e ouvir. E sem perder essa oportunidade, começou a se insinuar, a perguntar, a conversar. O artigo feminino deixou as reticências de lado, e permitiu esse pequeno índice..

De repente, o elevador pára, só com os dois lá dentro: ótimo, pensou o substantivo, mais um bom motivo para provocar alguns sinônimos.

Pouco tempo depois, já estavam bem entre parênteses, quando o elevador recomeça a se movimentar: só que em vez de descer, sobe e pára justamente no andar do substantivo.

Ele usou de toda a sua flexão verbal, e entrou com ela em seu aposto. Ligou o fonema, e ficaram alguns instantes em silêncio, ouvindo uma fonética clássica, bem suave e gostosa. Prepararam uma sintaxe dupla para ele e um hiato com gelo para ela. Ficaram conversando, sentados num  vocativo, quando ele começou outra vez a se insinuar.

Ela foi deixando, ele foi usando seu forte adjunto adverbial, e rapidamente chegaram a um imperativo, todos os vocábulos diziam que iriam terminar num transitivo direto.

Começaram a se aproximar, ela tremendo de vocabulário, e ele sentindo seu ditongo crescente: se abraçaram, numa pontuação tão minúscula, que nem um período simples passaria entre os dois.

Estavam nessa ênclise quando ela confessou que ainda era vírgula; ele não perdeu o ritmo e sugeriu uma ou outra soletrada em seu apóstrofo. É claro que ela se deixou
levar por essas palavras, estava totalmente oxítona às vontades dele, e foram para o comum de dois gêneros.

Ela totalmente voz passiva, ele voz ativa. Entre beijos, carícias, parônimos e substantivos, ele foi avançando cada vez mais: ficaram uns minutos nessa próclise, e ele, com todo o seu predicativo do objeto, ia tomando conta.

Estavam na posição de primeira e segunda pessoa do singular, ela era um perfeito agente da passiva, ele todo paroxítono, sentindo o pronome do seu grande travessão forçando aquele hífen ainda singular.

Nisso a porta abriu repentinamente. Era o verbo auxiliar do edifício. Ele tinha percebido tudo, e entrou dando conjunções e adjetivos nos dois, que se encolheram gramaticalmente, cheios de preposições, locuções e exclamativas.

Mas ao ver aquele corpo jovem, numa acentuação tônica, ou melhor, subtônica, o verbo auxiliar diminuiu seus advérbios e declarou o seu particípio na história.

Os dois se olharam, e viram que isso era melhor do que uma metáfora por todo o edifício.

O verbo auxiliar se entusiasmou e mostrou o seu adjunto adnominal. Que loucura, minha gente. Aquilo não era nem comparativo: era um superlativo absoluto.

Foi se aproximando dos dois, com aquela coisa maiúscula, com aquele predicativo do sujeito apontado para seus objetos. Foi chegando cada vez mais perto, comparando o ditongo do substantivo ao seu tritongo, propondo claramente uma mesóclise-a-trois.

Só que as condições eram estas: enquanto abusava de um ditongo nasal, penetraria ao gerúndio do substantivo, e culminaria com um complemento verbal no artigo feminino.

O substantivo, vendo que poderia se transformar num artigo indefinido depois dessa, pensando em seu infinitivo, resolveu colocar um ponto final na história: agarrou o verbo auxiliar pelo seu conectivo, jogou-o pela janela e voltou ao seu trema, cada vez mais fiel à língua portuguesa, com o artigo feminino colocado em conjunção coordenativa conclusiva.

Férias!!! \o/


É isso aí... quem estuda, ganha de brinde 2 meses de férias! rs...
Já comecei ontem... Hje já rolou café da manhã da minha turma, amigo oculto (Muitíssimo obrigada Amanda, pelas palavras, pelo carinho e pela sandália linda!!!).
Logo mais tem voltinha com o Fifi... Amanhã tem a Cervejada da Enfermagem, diretamente do Via Parque (Sômo Xiki!). Sábado tem Valença.... Domingo tem Barra do Piraí... Segunda tem Rio, novamente... Dia 15 tem alguma coisa pra fazer, mas não estou me lembrando agora... rs
Essa é só a primeira semana!


Mulher Inteligente 10 x 0 Carol

Eu fui comentar com um amigo, a minha primeira média final da faculdade, e ele me disse algo complexo de se entender:
"Mulheres inteligentes dão muito trabalho, questionam tudo!"
Tentei entender que tipo de trabalho dariam, as mulheres que questionam, e as que deixam de questionar. Entre esses devaneios "muito produtivos"... rs ... Resolvi perguntar ao Drº Google, qual era a opinião dele sobre mulheres inteligentes, e achei o seguinte:


Uma mulher inteligente sabe que ser inteligente significa:

• Manter-se racional.
 Hahahahah... Eu sou racional até que alguém me conte uma história triste, ou comece a chorar. Minha razão vai para pqp!
Mulher Inteligente 10 x 0 Carol

• Deixar sua inteligência controlar suas emoções, e não o inverso.
Depende do dia... O meu sistema é inteligente, vai de acordo com a ovulação! hahahahaha
Mulher Inteligente 10 x 0 Carol

• Confiar mais em seus valores do que em seus hormônios.
Só não me jogue na parede, e me chame de Lagartixa! hahahahahah
Fora isso, sou mto mais valores do que hormônios!
Mulher Inteligente 10 x 0 Carol

• Escolher relacionamentos que a façam feliz e permitam que ela cresça.
Eu não entendo, mas eu sempre escolho o idiota que me faz infeliz!
Mulher Inteligente 10 x 0 Carol

• Procurar e acolher pessoas otimistas e encorajadoras.
Finalmente eu concordo com a Mulher Inteligente. Definitivamente, pessoas pessimistas e covardes, não tem vez na minha vida!
Mulher Inteligente 10 x 10 Carol

• Manter distância de relacionamentos que significam p-r-o-b-l-e-m-a.
HAHAHAHA... já se foi mais de um ano, e eu continuo batendo na mesma tecla!
Mulher Inteligente 10 x 0 Carol

Concluo que, eu estou loooooonge de ser uma mulher inteligente!
Eu sou a mulher maravilha! uhauahuhauhauhauhauah

#FicaDica

Muitas vezes, as correntes que nos impedem de sermos livres e felizes são mais mentais do que físicas. Pense, pois muitas vezes amarram vc em nada, e vc acredita!!!
#FicaDica

Vale mto a pena!!!

Escrito por Regina Brett, 90 anos de idade, assina uma coluna no The Plain Dealer, Cleveland, Ohio.

"Para celebrar o meu envelhecimento, certo dia eu escrevi as 45 lições que a vida me ensinou"

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiver em dúvida, dê somente o próximo passo, pequeno .
3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.
4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato.
5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.
6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.
7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.
8. É bom ficar bravo com Deus Ele pode suportar isso.
9. Economize para a aposentadoria começando com seu primeiro salário.

10. Quanto a chocolate, é inútil resistir.
11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.
12. É bom deixar suas crianças verem que você chora.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que é a jornada deles.
14. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos Mas não se preocupe; Deus nunca pisca.
16. Respire fundo. Isso acalma a mente.
17. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonito ou alegre.
18. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.
19. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e ninguém mais.
20. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.
21. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chic. Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga com o fluxo.
23. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você..
26. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com estas palavras 'Em cinco anos, isto importará?'
27. Sempre escolha a vida.
28. Perdoe tudo de todo mundo.
29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo..
31. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.
32. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.
33. Acredite em milagres.
34. Deus ama você porque ele é Deus, não por causa de qualquer coisa que você fez ou não fez.
35. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.
36. Envelhecer ganha da alternativa -- morrer jovem.
37. Suas crianças têm apenas uma infância.
38. Tudo que verdadeiramente importa no final é que você amou.
39. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.
40. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos nossos mesmos problemas de volta.
41. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.
42. O melhor ainda está por vir.
43. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.
44. Produza!
45. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente.

Tô Mal Educada!!!

Agora vamos ao episódio Transparência...
Não, não sou eu que sou transparente, não...
Sabe aquela verdade que todo mundo sabe, mas ninguém tem coragem de falar?!
Pois é... É disso que eu estou falando!
Estávamos sorteando o amigo oculto de fim de ano, e a minha Profª resolveu fazer a chamada pra ver nome por nome, e identificar quem ela havia tirado.
Com a mistura de turmas na mesma sala, fica complicado gravar o nome de todo mundo... 
(Eu reparo alguma coisa e guardo como característica! #FicaDica)
Enfim...
Chegou em um determinado ponto da lista, e começou o bafafá, que ninguém sabia quem era a menina... um dizia: é aquela gordinha... o outro: é aquela dos olhos azuis...
Vários pitacos!
Perdi a paciência, e disse:
É claro que vcs sabem quem é... (Nesse momento, a turma inteira já olhava pra mim!)
É aquela gordinha que usa calça branca com calcinha de bichinhos azuis e blusa de malha se sutien!!!
PAUSA DRAMÁTICA
E começa a gargalhada geral... As pessoas fizeram um escândalo!
Não é que todo mundo sabia de quem eu estava falando?!?!
Eu morri de vergonha por ter falado aquilo...
E agora? É óbvio que vão contar pra pobre coitada...
Bom, pelo menos agora, ela vai deixar de usar a calça branca transparente, com a calcinha de bichinhos azuis, e vai colocar um sutien... Assim esperamos, eu e toda a população gigante da minha sala!!!

Salve Santa Bárbara, Salve Iansã!!!


"oiá, oiá, oiá me... oiá matamba me cacurucaju zinguê..."

Não merece ser lido!

"Nóis trupica mas não cai... Pode botar fé, que desse jeito vai!"

video

Lembra quando eu disse que, definitivamente, a frase do dia era "Qdo a esmola é demais, o santo desconfia!"?!?!?! Pois é... Eu estava certa em desconfiar!
Como o ser humano é falho... Deprimente!!!
Eu fui criada por três mulheres. Aprendi, desde pequena, algumas manhas da vida. Sou macaca velha, mermão! uhahauhauhauhauhauhauhuaahauha
Se fode ae!

Bocuda do Mal!

Eu ando na vibe “aprender com os erros é o que há!”...
Pois bem... O fato de hoje é que eu falo mais do que deveria.
Já dizia sabiamente a Vovó Dalva: Deus deu dois ouvidos e uma boca, pra vc ouvir mais e falar menos.
Eu tento me controlar... tento evitar constrangimentos... Mas lá estou eu, pagando os maiores micos da minha vida por ser bocuda!!!
Os dois últimos, para a minha coleção de macacadas foram o episódio Habib’s, e o episódio Transparência.
Vou começar com o episódio Habib’s...
Estávamos eu, Mariana, João, Elton e Anderson no Habib’s (Como sempre!), na área de festas (Como sempre! [2]), sendo atendidos por quase todo o time de atendentes (Como sempre! [3]), e tinha mais um homem na mesa atrás da gente...
Um negão daqueles!!! Alto, forte, bem arrumado... e comendo uma pizza grande sozinho! rsss....
Eis que a Mariana solta:
“Ai gente, eu PRECISO transar!!!”
Quem conhece a Jubs, sabe o qto ela é escandalosa, imagina a repercussão!
Sim, ela está numa seca daquelas, pq o namorado está em um pós operatório de uma colostomia e está usando aquelas bolsas de Bogotá. Ok! Sem mais detalhes...
Enfim... Era a deixa para o tal carinha participar do assunto, já que ele ouviu, ficou interessado, e não satisfeito, começou a rir.
Papo vai, papo vem... (Amigos comunicativos é o que há!)
E descobrimos que ele é segurança do Habib’s e estava lá jantando a “pequena” pizza...
O João, nada discreto, pergunta pra ele, se ele iria comer aquela pizza sozinho?!
(Ser sem noção deve ser genético! rs)
O cara respondeu que sim, e que nos dias em que ele vinha do quartel, ele comia mais ainda. E ainda nos ofereceu um pedaço da pizza... rs
Quartel? Hein? Rolou a curiosidade: qual seria a área dele?!?!
Afinal, ele já sabia da necessidade sexual da minha amiga, pq eu não poderia saber em que ele trabalhava?!?!
Eis que eu... bocuda mega-ultra-power-sem noção, viro para atrás, analiso o cara dos pés a cabeça... (Culpa da faculdade que anda me deixando mais observadora – e indiscreta – com as aulas de anamnese!)...
- Huuummm... Pelo relógio de ouro, só pode ser policial!
PAUSA DRAMÁTICA
O cara sorri, sem graça, concordando...
Eu começo a rir, me contorcendo... tentando disfarçar...
O João muda de assunto...
Eu digo que era brincadeira... (Mesmo com um fundo de verdade...)
Ele sem graça, rindo... diz tudo bem...
Enfim, tô com dor de corno até hoje, por esse comentário infeliz!
Depois eu conto a transparência... 
hauahuahuahuahuhaa

Macada reunida!


E lá vai mais um king-kong meu, para a coleção de macacadas da aponeurótica.
Eu estava conversando com um amigo, professor de português, sobre a minha dificuldade com pessoas que escrevem em português de forma errada, e resolvi contar a ele um fato que aconteceu comigo:
Uma pessoa veio passar as férias aqui em casa, e um belo dia, eu e o João (Meu irmão) resolvemos dar aquele papo de "irmãos mais velhos", dizendo que é preciso estudar, ter objetivos... trálálá...
E como todo adolescente, essa pessoa virou pra gente e disse que estava muito bem na escola, que nós não precisávamos nos preocupar. (E ela ainda escondeu que tinha ficado de dependência em História!!!)
Ok! A conversa se estendeu até que o João resolveu fazer a seguinte pergunta para a pessoa:
Maria é bonita. Qual é o sujeito da frase?
A pessoa toda sorridente, respondeu:
Maria, né?!?! Dããã!
Eis que o João vira e pergunta: e o predicado?
A pessoa, não mais sorridente, responde:
Ah João, não me vem com essas perguntas difíceis!
Eu preciso dizer que o assunto acabou ali, e rolou uma pausa dramática daquelas?!?!
Enfim...
E eu lá, contando a história para o amigo professor de português, me achando a mega-ultra-power-foda por ter sacaneado a pessoa de férias na minha casa... E ele me propôs um desafio:

"Ouviram do Ipiranga as margens plácidas / De um povo heróico o brado retumbante", passe o período para ORDEM DIRETA e me diga qual o SUJEITO.

Eu fui diminuindo, diminuindo... Comecei a ler... li mais uma vez... e outra...
E comecei... Quem ouviu?! Mas e o povo?! Que porra é essa de passar período para a ordem direta?! Quem foi o fdp da escreveu esse hino?! Pq eu fui tocar nesse assunto?! Será quem é "brado retumbante"? Mas o que é isso mesmo?!?!?!
Eu até pensei em recorrer ao Google, mas naquele momento não havia essa possibilidade.
Ele virou pra mim e disse: 
É fácil! (Me sacaneou!) É praticamente a mesma pergunta que você fez para a pessoa que passou as férias na sua casa.... (Me humilhou!)
Até que eu abaixo a cabeça, menor que uma formiga... e digo: eu não sei.
Afinal, naquela situação constrangedora, era melhor dizer que eu não sabia do que correr o risco de pagar um mico maior ainda!!!
Alguém sabe a resposta? Só pra eu me sentir mais péssima... rs

E lá vem a explicação dele...
A construção em ordem direta e mais objetiva, facilitaria a compreensão. A frase ficaria assim:

"As margens plácidas do Ipiranga ouviram o brado retumbante de um povo heróico."

Ahhhhh... agora sim! É óbvio que o sujeito da frase é "As margens plácidas"! Eu disse pra ele...

Sabe o que ele me respondeu?!?! No maior tom "vou simplificar pra ela entender"...
Cada um no seu quadrado, Carol. Deixe os temperos pra quem cozinha, e a vassoura pra quem faxina!!!

Rolou uma pausa dramática... uma reflexão...
Ok! Eu nunca mais vou subestimar alguém só pq ela escreve "com migo", "disconto", "souteira", ou até mesmo "mereçe"... Ela certamente sabe muitas outras coisas, que eu jamais imaginei saber um dia.
É isso ai... vivendo, aprendendo e se fodendo!
Preciso dizer que ele está no meu hall de amigos prediletos, agora?!?!
Mindinha, Mindinha, Mindinha... rs

 

Copyright © 2008 Designed by SimplyWP | Made free by Scrapbooking Software | Bloggerized by Ipiet Notez | Distributed by Deluxe Templates